Escolas de Navegantes recebem oficinas de composição coreográfica

DSC_1114

O projeto Dançando Além do CEU – descentralizando a cultura chegou à sua segunda fase, dando início à oferta de oficinas de composição coreográfica nas escolas públicas de Navegantes. Com o nome Incluir e Dançar, as primeiras oficinas foram realizadas no dia 17 de agosto nas unidades de ensino Professora Rosa Maria Xavier e Professora Ilka Muller de Mello, atendendo 40 crianças e adolescentes – sendo, 10 desses, pessoas com deficiência.

As oficinas de composição coreográfica passam a integrar as atividades do projeto, que atua desde o início do ano na montagem de espetáculos de estilo livre com crianças e adolescentes de Navegantes, já tendo se apresentado em eventos como o Congresso Brasileiro de Dança Educacional, em Joinville, e o Congresso Catarinense de Combate à Exploração ao Trabalho Infantil, em Chapecó.

“Para mim é gratificante saber que nosso trabalho passa pelos maiores palcos da dança de Santa Catarina e chega em comunidades onde a falta de oportunidades é severa. Você observa que o projeto permite uma nova construção de identidade, seja com os jovens que participam, ou com todos que de alguma forma estão envolvidos”, comenta a coreógrafa Bianca Alcantara.

Segundo a idealizadora do projeto, que conta com a realização do Instituto Portonave de Responsabilidade Social e patrocínio das empresas Portonave e MSC, por meio das oficinas é possível incluir as crianças com deficiência e criar oportunidades para que entendam que não existe limitações para a arte. “Queremos que todos saibam que podem e devem participar desses momentos, porque a arte transforma de fato”, defende Bianca.

Interessados em conferir de perto o trabalho do projeto Dançando Além do CEU podem acompanhar a agenda de apresentações: na quinta-feira, dia 30/08, ele estará na escola Professora Rosa Maria de Xavier de Araujo com o espetáculo Infância sem trégua – a arte transforma; a composição coreográfica Somos Todos Elementos segue, no dia 15/09, para o Festival de Dança de Santa Catarina – no Teatro do CIC, em Florianópolis; e no Brazil Dance Festival, no dia 10/11, com palco no Teatro Governador Pedro Ivo, também em Florianópolis.

Postado por Sílvia
[25/08/2018]