Gestão Ambiental

Com uma equipe especializada, formada por engenheiros e técnicos ambientais, a Portonave possui uma série de programas e monitoramentos ambientais que visam a preservação do meio ambiente.

Os projetos contemplam controles periódicos de indicadores como qualidade do ar, das águas, do solo, do conforto acústico, da gestão de resíduos sólidos, entre outros. Dessa forma, a empresa busca mitigar ao máximo qualquer impacto ambiental que suas atividades possam provocar ou compensar adequadamente os que são inevitáveis.

Gerenciamento de resíduos

O sistema de coleta seletiva da Portonave abrange todas as áreas do Terminal e garante que os resíduos produzidos sejam destinados corretamente. Contentores específicos para materiais recicláveis, orgânicos, não-recicláveis e perigosos (como pilhas, baterias, medicamentos e lixo eletrônico) são disponibilizados em diversas áreas da empresa. Os resíduos são encaminhados a uma central interna de recolhimento para que, depois, sejam encaminhados adequadamente às empresas terceirizadas que são especializadas e responsáveis pelo descarte correto. As empresas de destinação final fornecem o certificado de destinação final (CDF) para cada tipo de resíduo e, com isso, é possível rastrear a produção deles na Portonave.

Combate a emergências ambientais

A Portonave mantém uma equipe de emergências ambientais 24 horas por dia. A equipe entra em ação sempre que é identificada uma situação com potencial impacto ao meio ambiente, como vazamento de produtos químicos em terra e nas águas do Rio Itajaí-Açu.

Monitoramento de água potável

O programa de monitoramento da água potável atende ao disposto pela Resolução RDC nº 72 de 29 de dezembro de 2009 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Diariamente, um técnico da gestão ambiental realiza a verificação dos níveis de cloro na água, isso garante a qualidade do líquido e a saúde de todos que a consomem. Todos os meses, a água ofertada na Portonave é analisada por um laboratório especializado para atestar sua potabilidade.

Tratamento de efluentes líquidos e reuso de água da lavação dos equipamentos

A estação de tratamento de efluentes trata 100% dos resíduos sanitários gerados na Portonave e devolve ao Rio Itajaí-Açu um efluente dentro dos padrões exigidos pela legislação ambiental. Seu monitoramento é realizado diariamente por um técnico da gestão ambiental. Além disso, a água usada na lavação de equipamentos da empresa passa por um sistema de tratamento que possibilita o reuso desta água, contribuindo para a economia de recursos naturais.

Canal de drenagem

A Portonave possui um sistema de drenagem direciona toda água da chuva para um canal impermeabilizado e com uma comportam, que fica fechada para impedir o contato das águas do canal com as águas do rio. Diariamente, as águas do canal de drenagem são analisadas por um técnico da gestão ambiental e só são liberadas para o Rio Itajaí-Açu quando atestada a ausência de qualquer tipo de contaminação. Em casos de vazamentos de produtos poluentes no pátio da Portonave, por exemplo, é possível manter a comporta fechada até que se realize o atendimento emergencial.

Monitoramento das águas subterrâneas, oceânicas e estuarinas

monitoramento-agua_vf

As águas subterrâneas na área da Portonave são analisadas mensalmente, por meio da coleta nos poços piezométricos e do envio para laboratórios especializados. Esta análise permite identificar qualquer contaminação do lençol freático por produtos químicos ou derivados de petróleo.

Além disso, a equipe de meio ambiente do Terminal realiza, periodicamente, o monitoramento das águas do Rio Itajaí-Açu. Com o resultado das análises, é possível avaliar o comportamento do estuário e identificar possíveis contaminações.

Monitoramento da qualidade do ar

monitoramento-ar_vf

Para gerenciar as emissões atmosféricas na Portonave, o monitoramento é realizado periodicamente com equipamentos de última tecnologia e contempla medições de CO (monóxido de carbono), NOx (óxido de nitrogênio) e enegrecimento de fumaça diretamente no escapamento dos caminhões de terceiros que acessam o Terminal. Os caminhões são verificados por amostragem. A frota interna de equipamentos e veículos da Portonave também passa, diariamente, por monitoria e avaliação. Os resultados são compilados e ações de prevenção e correção são tomadas sempre que identificado o excesso de poeiras no ar.

Monitoramento de ruído

O programa de monitoramento de ruído visa identificar a geração do ruído proveniente das operações portuárias e minimizar o impacto ambiental às comunidades vizinhas. Todos os meses, um técnico de meio ambiente realiza o monitoramento de ruído em todo o perímetro da Portonave. Os equipamentos portuários também passam por uma avaliação semanal para evitar que o ruído gere incomodo para a comunidade.

Recuperação ambiental

A Portonave mantém uma cortina verde em seu perímetro, composta por espécies florestais nativas. Essa área tem a função de atenuar parte dos ruídos gerados e formar um habitat para a fauna local.

O programa de recuperação ambiental envolve, também, o resgate dos animais que são encontrados na área operacional. Os animais adoecidos são catalogados e encaminhados para centros de recuperação. Os animais exóticos são encaminhados para zoológicos da região e os animais nativos são resgatados e libertados na área de preservação permanente.