Portonave faz a operação do primeiro Gripen da FAB

Saiu da Portonave – Terminais Portuários de Navegantes, na madrugada desde terça-feira, 22 de setembro, o primeiro caça Gripen da Força Aérea Brasileira (FAB). O protótipo, de cerca de 15 metros de comprimento e 8 metros de largura, foi transportado inteiro, no porão do navio, da Suécia ao Brasil. A aeronave desembarcou no porto no último domingo, dia 20, e, após o desembaraço aduaneiro, foi conduzida pela equipe da Portonave, FAB e da fabricante sueca – Saab – até o Aeroporto de Navegantes. O caça fez o trajeto entre o porto e o aeroporto de madrugada passando pelas ruas de Navegantes puxado por um trator especial. O caça deve agora passar por testes no país, conforme requisitos do projeto e especificações da FAB.

A Portonave é um porto especializado em contêineres, mas com expertise também para cargas especiais, como o caça Gripen. O Terminal mobilizou sua equipe para receber da melhor forma, com eficiência e segurança, esse equipamento militar. As tratativas duraram cerca de um ano e a escolha do Terminal levou em conta a infraestrutura do porto e a proximidade com o Aeroporto de Navegantes – que fica cerca de dois quilômetros da Portonave.

O protótipo enviado ao Brasil foi fabricado pela Saab, empresa que desenvolve tecnologias para defesa militar e segurança civil, com sede na Suécia. Técnicos da empresa vieram ao Brasil para a entrega do caça, participando de toda a operação de descarga, ajustes na aeronave e entrega para a Força Aérea. Este é o primeiro feito para a FAB.Caça_ 5_Portonave

Postado por Melissa
[23/09/2020]