Saúde e Segurança do Trabalho

A Portonave considera a saúde e segurança dos seus profissionais valores fundamentais para o sucesso do negócio. A empresa acredita que alcançar a excelência operacional somente é possível quando, ao final do dia, todos possam retornar para os seus familiares da mesma forma como saíram para o trabalho.

O FAROL

Assim como um farol que indica a rota mais segura para as embarcações na navegação costeira, a equipe de Saúde, Segurança e Meio Ambiente – SSMA tem como objetivo guiar a empresa a operar de forma segura e com respeito ao meio ambiente. Nesse contexto, a Portonave adotou o farol como um símbolo do seu comprometimento com a Saúde e Segurança.

Logotipo Programa de Segurança – PORTONAVE E SSMA

EQUIPES CAPACITADAS

A Portonave conta com um quadro de profissionais de saúde e segurança capacitados e experientes, composto por um Engenheiro de Segurança do Trabalho, seis Técnicos de Segurança do Trabalho, dois Técnicos em Enfermagem e um Médico do Trabalho.

A empresa conta, ainda, com uma equipe de atendimento a emergências composta por bombeiros civis, socorristas e resgatistas e atendimento a emergências envolvendo produtos químicos perigosos, além de equipe de monitoramento 24 horas.

 

SISTEMA DE GESTÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

Em 2018, a Portonave conquistou a certificação do seu sistema de Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho na norma internacional OHSAS 18.001:2007.  Em 2019, com a migração para a certificação na ISO 45001:2018, a Portonave deu mais um passo em busca de um Sistema de Gestão Integrado dinâmico na interação entre organização, seu ambiente de negócios e partes interessadas, e focado no desenvolvimento sustentável em que o negócio, o planeta e os seres humanos estão no mesmo patamar de preocupação e cuidado.

Certificado ISO 45001

AVALIAÇÃO E CONTROLE DE RISCOS

O sistema de gestão de Saúde e Segurança do Trabalho da Portonave tem como base a identificação e avaliação dos perigos do ambiente de trabalho, o que permite a empresa definir as medidas necessárias para controle dos riscos a níveis ALARP (As Low As Reasonably Practicable) além de possibilitar a priorização das ações.

DSC_0689

MANDATO DA INTERVENÇÃO

Comprometida com a busca por um ambiente de trabalho livre de lesões, a Portonave acredita que o incentivo à cultura da intervenção é fundamental para se alcançar a meta de zero acidentes de trabalho e, portanto, esclarece que:

Ter saúde e segurança no ambiente de trabalho e buscar pela segurança das equipes é direito e responsabilidade de cada um.
O direito de recusa diante de situações de risco é garantido a todos, isso inclui questionar sua liderança, se necessário.
Na dúvida: pare, intervenha. Não permita que desvios, por menores que sejam, comprometam a sua segurança e a de seus colegas. A Portonave irá agradecê-lo.
Pense com segurança, sua família espera por você.

Portonave – Mandato de Intervenção

REGRAS DE OURO DA SEGURANÇA

A Portonave acredita que o atendimento integral às Regras de Ouro da Segurança é fundamental na prevenção de acidentes de trabalho e que estas devem ser parte do DNA da empresa e de todos que nela atuam. Tratam-se de dez regras simples e inegociáveis, que têm como objetivo reforçar comportamentos e procedimentos de segurança em todas as atividades realizadas na Portonave.

Clique para acessar as Regras de Ouro da Segurança

POLÍTICA DE ÁLCOOL E DROGAS

Ao priorizar a saúde e bem-estar dos profissionais e prestadores de serviços, a Portonave condena o uso indevido de álcool e drogas lícitas ou ilícitas. Todos devem estar aptos para exercerem suas atividades durante o tempo que estiverem a serviço da empresa.

Com base nessas premissas acima mencionadas, a empresa define que:

  • O uso, posse ou distribuição de álcool e drogas ilícitas, assim como a permanência no local de trabalho sob o efeito dessas substâncias é proibido;
  • Aqueles que fazem uso de medicamentos, que possam alterar o seu estado comportamental e prejudicar o desempenho de suas funções, devem comunicar a situação ao seu superior imediato ou equipe do ambulatório antes de iniciar sua jornada de trabalho;
  • A empresa poderá realizar de forma preventiva e sempre que julgar necessário, testes para verificar o consumo de bebidas alcoólicas e drogas;
  • Casos de acidentes de trabalho com profissionais da empresa ou prestadores de serviços serão analisados pontualmente, podendo ser realizados testes de álcool e drogas com os envolvidos;
  • Considerando que o abuso de álcool e de drogas é uma doença, o profissional será orientado a procurar ajuda e tratamento;
  • Informações médicas serão tratadas de forma confidencial, sendo de acesso exclusivo do médico do trabalho a serviço da empresa;
  • A violação dos princípios da Política de Álcool e Drogas resultará na retirada imediata do profissional ou prestador de serviço do local de trabalho e poderá gerar ação disciplinar.

SISTEMA DE PERMISSÃO DE TRABALHO

A permissão de trabalho é um documento de comunicação entre as equipes responsáveis pela execução da tarefa e de Segurança do Trabalho. Por meio dessa ferramenta, os profissionais tomam ciência das atividades, avaliam os riscos em cada etapa do trabalho e definem as medidas de controle necessárias para minimizá-los.

A Portonave mantém um sistema de permissão de trabalho para as atividades consideradas de risco grave. Trabalhos envolvendo altura, espaço confinado, eletricidade, fontes de calor fora de áreas designadas, entre outros devem ser precedidos de uma permissão de trabalho e análise preliminar de risco.

Permissão de Trabalho

HIGIENE E SAÚDE OCUPACIONAL

Higiene ocupacional é a ciência responsável por identificar e avaliar os riscos físicos, químicos e biológicos no ambiente de trabalho. Programas como o de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) permitem à empresa antecipar, reconhecer e avaliar os riscos de maior relevância para os seus profissionais, bem como definir as medidas de controle e monitoramento necessárias para garantir a sua saúde e integridade física.

Além desses programas, a Portonave mantém um Programa de Proteção Respiratória (PPR) e um Programa de Conservação Auditiva (PCA), sempre com o objetivo de mitigar os riscos para a saúde dos trabalhadores.

DSC_0667

GESTÃO DE SUBCONTRATADOS

A empresa conta com um rigoroso sistema para cadastramento, aprovação e controle de compra de produtos e serviços e exige o atendimento integral da política do seu sistema de gestão de todos os contratados.

Os prestadores de serviço devem atender, anualmente, à integração de segurança do terminal, disponível no link abaixo.

Integração Portonave

CONTROLE DE EMERGÊNCIAS

O Plano de Controle de Emergências, ou simplesmente PCE, é uma ferramenta que objetiva padronizar as ações de resposta em situações de emergência. Quando corretamente implementado, o PCE aumenta a eficiência e eficácia dos trabalhos de comando, amplia a segurança dos envolvidos e reduz as chances de perdas de vidas, bens materiais e danos ao meio ambiente.

Portonave e Iceport mantêm um Plano de Controle de Emergências para os principais cenários, que são: Resgate de vítimas em altura; Acidentes envolvendo lesões pessoais; Incêndio e/ou explosão; vazamento de produtos químicos perigosos; Queda de homem nas águas do estuário; Condições adversas de tempo; Vazamento de amônia; Poluição ou acidente ambiental. As empresas realizam exercícios simulados mensais para treinamento e familiarização das equipes de resposta nos procedimentos definidos.

DSC07527

Imagem-Caminhão-Bombeiros-Portonave

Além do PCE, a Portonave é membro do Plano de Ajuda Mútua (PAM) e Plano de área (PA) do complexo Portuário do Rio Itajaí-Açu. Tratam-se de procedimentos integrados, adotados pelos terminais portuários e retroportuários do complexo do Itajaí, para casos em que os recursos internos são insuficientes para o controle de emergências.

PSG.ST.001 – Plano de Controle de Emergência – PCE